Negociar entre Suportes e Resistências

Negociando os Breakouts

No capítulo anterior abordámos a temática da negociação de Opções Binárias através dos Ranges de Preços. Nesse artigo trabalhámos a possibilidade de utilizar as Opções No Touch e Double No Touch como forma de lucrar com a análise técnica gerada pela formação desses níveis de preços. Quando há um rompimento desses níveis temos breakouts e também os breakouts podem ser negociados através de opções binárias.

Conheça os Breakouts

Se um ativo subjacente consolidou durante algum tempo num intervalo de preços (range), é garantido que o ativo vai romper um dos níveis rapidamente, seja com um movimento altista ou em baixa. Uma das maiores dificuldades das estratégias de breakout é a dificuldade de poder prever a direção do breakout – Você nunca sabe se o ativo vai romper o suporte ou a resistência.

A imagem em baixo contém um gráfico que mostra um breakout de uma resistência. Pode conferir que o preço do ativo esteve a lateralizar no range – tocando na zona de suporte e resistência várias vezes. Consequentemente acabou por romper a resistência e fez com que o preço subisse para além desta zona de resistência.

breakout

A imagem em baixo representa um gráfico que mostra um breakout de um suporte. Pode conferir que o preço do ativo esteve a lateralizar no range – tocando na zona de suporte e resistência várias vezes. Consequentemente acabou por romper o suporte e fez com que o preço descesse para além desta zona de suporte.

breakout no suporte

Solução: Opções Binárias

O problema referido anteriormente: Não saber a direção do breakout, pode ser facilmente resolvido através das opções binárias. Você pode adquirir uma opção que especula sobre o rompimento de um dos dois níveis: A chamada opção Double One Touch.

Desde que você compre opções que estejam relativamente equidistantes do preço de mercado do ativo subjacente, se uma das previsões estiver correta, o seu lucro é garantido. Na gíria das opções, as Double One Touch são também designadas por Strangle.

Exemplo de Estratégia de Breakout

Vamos assumir que os futuros do S&P 500 estão a cotar a 1250 e que estão a lateralizar entre os 1240 e os 1260. Você considera que o S&P 500 vai romper ou o suporte ou a resistência, mas não sabe qual deles.

Entrada na Transação: Você vai comprar uma Opção Double One Touch com Previsões nos valores 1240 e nos 1260. Vamos assumir que você investe 200$ nesta Opção Binária.

Resultado: Se o S&P500 ficar entre os 1240 e os 1260 até à expiração você perde os 200$ que investiu ou pouco menos que isso (dependendo do broker).

Caso o S&P 500 rompa o suporte, p.e., você pode obter um retorno de 80% ou mais: São 160$ a mais no seu bolso e um valor global total de 360$.

Os melhores breakouts

Como investidor, você terá que ser capaz de descobrir quais os melhores momentos para investir num rompimento de um breakout. Dessa forma, deverá testar numa conta de demonstração e verificar as suas taxas de sucesso. Experimente testar a estratégia de breakout utilizando variantes, como as seguintes:

  • Utilize zonas de suporte e de resistência ao invés de preços fixos para esses valores. Isto porque o mercado tem a tendência de gerar falsos breakouts e por isso deverá testar também para o ativo subjacente em que você investe

falso breakout

Na imagem em cima você vê como os breakouts podem ser enganadores. Portanto deverá optar por definir zonas de preços como: zona de suporte, zona de resistência. Veja a imagem em baixo para ter uma ideia:

falsos breakouts

  • Teste se são suportes e resistências em números redondos que geram os breakouts mais longos ou se máximos e mínimos relativos proporcionam melhores transações. Eventualmente uma combinação de ambos também poderá gerar bons retornos para as suas transações.
  • A Natureza é fantástica e por isso não deixe de consultar os números que definem a psicologia dos traders, seja os níveis Fibonacci ou os Pontos Pivô, que abordaremos em capítulos mais avançados.

fibonacci

Tal como a imagem exibida em cima, os números Fibonacci exibem uma sequência de algarismos que são compatíveis com as formas da natureza. Na bolsa os números Fibonacci já fizeram milionários, pois aplicando a mesma regra, é possível detetar suportes e resistências que não estão visíveis a olho nu.

Tal como num jogo de NBA, o pivô é o que marca os pontos, no caso das Opções Binárias os pivôs marcam dinheiro! Os pontos Pivô permitem gerar níveis de suporte e resistência usando os preços de períodos anteriores. Desta forma consegue mais facilmente detetar os níveis em que os restantes investidores sentem-se mais “apegados” psicologicamente. Outras derivações dos pontos pivô como os níveis Camarilla podem ser também úteis para ganhar dinheiro com as Opções Binárias.

Em suma existem várias formas definir suportes e resistências, mas cabe a si encontrar os que melhor se adaptam ao seu estilo de trading. O que funciona para si, pode não funcionar para outros e reciprocamente.


Deixar uma resposta